Serviços

Medicina da Placenta

Mistérios de Gaia

67 992382838


Nos chame no Whats, para saber sobre o

Kit Mistérios de Gaia:
Medicina da Placenta

Sobre a Medicina da Placenta:

A filosofia por trás da medicina placentária vai além da simples produção de medicinais (de consumo e de uso tópico) à base de placenta humana. É um modo autônomo de cuidado pós parto, feito pela própria mulher através da sua placenta.

A medicina da placenta leva a mulher a ouvir no seu íntimo o que ela, seus filhos e familiares precisam, e que pode ser curado através da placenta que ela mesma gerou. Em diversas culturas, a placenta foi utilizada após o parto como remédio para todos os males que acometiam a mulher ou seu bebê, bem como outros membros da comunidade. Assim, existem registros de uso da placenta como fortificante em sopas, caldos e bebidas para a mulher que estivesse muito fraca após dar a luz, membranas da bolsa de águas como emplastros para feridas da pele, tinturas fitoterápicas, entre outros.

Com o advento da medicina moderna, muitos desses hábitos populares passaram a ser considerados impróprios, gerando um tabu que pouco a pouco foi distanciando as mulheres de um diálogo mais profundo sobre seus corpos e sua capacidade de autocura. Porém, nem mesmo a medicina moderna conseguiu fechar os olhos para a placenta como um “remédio para todos os males”. Então a partir 1882 alguns médicos cientistas começam a publicar estudos e pesquisas acerca da prática da placentofagia humana, sendo até os dias atuais tema central de pesquisas do seu uso na cura de feridas, queimaduras, cirurgias oculares, vitiligo e até infertilidade. Atualmente existem pesquisas que buscam testar o benefício da sua ingestão em forma de cápsulas para depressão e anemia pós parto, suporte à lactação e reposição hormonal e vitamínica.

Enquanto a ciência moderna não encontra provas que satisfaçam à academia, ressurgem com força as placenteiras, mulheres que se dedicam a aprender o ofício de transformar a placenta em medicinais práticos para o pós parto principalmente.

Como a placenta é da mulher, gerada dentro de seu corpo e parida por ela, acredito que a placenteira é a fonte onde essa mulher pode buscar informações que a auxiliem na decisão de fazer ou não uso dessa antiga medicina, é aquela que poderá preparar a placenta dessa mulher num momento onde ela necessita ser acolhida e cuidada.

A placenteira se compromete em não comercializar nada à base de placenta, reconhecendo que a placenta não lhe pertence e honrando o compromisso de manusea-la com rigorosa atenção à biossegurança. Ela se coloca à serviço da mulher escutando suas dúvidas e desejos, preparando os medicinais escolhidos e orientando o consumo sem lhe tirar a autonomia, com vistas que através da auto observação ela também poderá fazer o uso empírico dos mesmos.

Dentre os medicinais mais comuns preparados por uma placenteira estão as cápsulas, tintura fitoterápica, homeopatias, emplastros, pomadas e óleos corporais. Cabe sempre reforçar que a placenteira presta um serviço à mulher, manipulando somente a placenta dela para ela mesma.


Texto: www.segredosdaplacenta.com.br

Doula Mariksa Ungerer

Educadora Perinatal e Doula Fundadora da Papo de Gaia

67 992382838


Seja Bem-Vinda ao acompanhamento de Doula.

Estou a serviço da Vida.

E aberta para lhe acompanhar.

Você sabe o que significa Doula? E como posso te ajudar?

Doula, vem do Grego e significa – aquela quem serve. A doula está a serviço da vida da gestante durante a gestação, parto e puerpério. Seu objetivo é ofertar alívios da dor durante a gestação e parto; suporte e preparação na gestação até o momento do Nascimento.

No Parto está presente do momento em que o trabalho de parto começa até o expulsivo do bebê. Nesse momento há o apoio para a diminuição da dor, diminuição de anestesia medicamentosa, auxilio na dilatação entre muitas outras situações emocionais e físicas com sua gestante. Suporte contínuo até mesmo em casos cesarianos. A doula está presente para poder ofertar um nascimento adequado e respeitoso a todas as mulheres que sentirem em seu coração o chamado de ajuda.

No pós parto, a doula auxilia na primeira hora de contato do bebê com a mãe e resguarda a hora ouro da amamentação. Toda mulher merece os cuidados de uma doula.

Meu acompanhamento como doula ofereço:

• Workshop Gentlebirth para partos

• Aulas de preparação semanal – 4ª Feira 19:30hs

• A partir das 30 semanas – 4 encontros de preparação ( Plano de Parto, Alívios de dor, Exercícios com a bola de Pilates e amamentação)

• Acompanhamento de Parto (Normal ou Cesárea)

• 1 encontro a domicilio após nascimento em casa e 2 encontros em consultório para suporte de aleitamento materno e pós parto na Papo de Gaia. (válido por até 30 dias após o parto)

Incluso para a gestante: Bola de Pilates (empréstimo) banqueta de Parto. Bônus: Pintura de barriga na gestação após 30 semanas.

Peça seu orçamento pelo Whats:
Fale comigo e agende seu horário gratuito

Psicoterapia para Mulheres

Psicóloga Perinatal e Parental

67 992382838


O que é a psicologia perinatal?

O nascimento de um bebê envolve um processo que começa antes do parto e se prolonga até os anos seguintes. A prevenção de transtornos psicológicos é muito importante nessa fase. Para isso, a psicologia perinatal é uma das melhores ferramentas.

A psicologia perinatal é o ramo da psicologia que se ocupa da saúde mental dos bebês e das mães desde a concepção até a criação, passando pela gravidez, pelo parto e pelo pós-parto. Dedica-se à detecção precoce de indícios pouco saudáveis para prevenir complicações nessas fases da vida.

Os temas centrais pelos quais a psicologia perinatal é responsável são:

  • Problemas de fertilidade.
  • Depressão e ansiedade durante a gravidez.
  • Medo do parto.
  • Partos traumáticos.
  • perda do bebê.
  • Problemas de aleitamento.
  • A adaptação à maternidade ou à paternidade.
  • Vínculo com o bebê ou o estabelecimento de um apego seguro.
  • Situação especial das sobreviventes de abuso sexual.

Para a abordagem de possíveis patologias psicológicas ou físicas que poderiam surgir, os especialistas em psicologia perinatal enfatizam a importância do trabalho interdisciplinar. Ou seja, contar com a colaboração de médicos, psiquiatras, enfermeiros e assistentes sociais para poder realizar um acompanhamento e agir antes de que o problema apareça.

Em que um psicólogo perinatal pode ajudar?

Assim como é destacado no site da Associação Espanhola de Psicologia Perinatal, um profissional desse tipo pode acompanhar a mulher durante qualquer das seguintes fases: a concepção (havendo ou não problemas para engravidar), a gravidez, o pré-parto, o pós-parto, o puerpério ou o início da criação do bebê.

Quando é aconselhável procurar um psicólogo perinatal? A personalidade de cada pessoa, assim como as circunstâncias em que vive, são completamente diferentes umas das outras. Por isso não há um parâmetro determinado por meio do qual se mede a necessidade de assistência psicológica.

Então, a resposta para essa pergunta seria: quando se considerar necessário. Seja porque você sente insegurança, medo, ansiedade, estresse, pânico ou incerteza, o psicólogo perinatal vai se transformar em um companheiro nesse caminho que vai orientar você através do processo.

Por fim, vamos enumerar outros tópicos que costumam ser atendidos pelos psicólogos perinatais:

  • O estresse durante a gestação.
  • A violência obstétrica.
  • A reprodução assistida e os problemas de concepção.
  • A depressão pós-parto.
  • Os nascimentos prematuros.
  • Os abortos.

Esses são, entre outros, os temas sobre os quais os pais podem conversar com um profissional dessa área da psicologia. Se você passa ou passou por algum deles ou se por algum outro motivo você quer dar uma chance a esse tipo de terapia, não hesite.

Marque sua consulta presencial ou on line 
Psicologia Perinatal

Massagem Relaxante, Drenagem e Modelagem

Massagem para Mulheres, Gestantes e Puérperas

67 992382838


Massagem de relaxamento especial pré-concepção:
Dura cerca de 1 hora, são estimulados pontos que podem ajudar no processo para engravidar. 

A Massagem na Gestação: 
Os benefícios da massagem na gravidez incluem a diminuição da dor nas costas e nas pernas, o aumento da hidratação da pele, contribui na prevenção das estrias, melhora a auto-estima, diminui o estresse e a ansiedade e contribui até mesmo para o combate a depressão sendo por isso uma boa estratégia natural para melhorar a qualidade de vida da mulher nesta fase de tantas alterações físicas e emocionais.

Algumas massagens que podem ser realizadas durante a gestação são:
Drenagem linfática manual
Massagem relaxante;
Massagem terapêutica;
Massagem nos pés ou reflexologia;
A duração total da massagem não deve ultrapassar 40 minutos e esta pode ser realizada sempre que a mulher desejar, embora seja recomendado alguma frequência como pelo menos 1 ou 2 vezes por semana, para que os benefícios possam ser alcançados.

Massagem no Pós Parto
Os Benefícios Da Massagem Pós-Parto
Massagem pós-parto tem sido mostrada como sendo eficaz para uma recuperação mais rápida e melhor saúde. Integração de carroçaria materna pode agregar valor bem-vindo a sua jornada de cura e transição para a maternidade.

Considere os muitos benefícios:
Relaxamento e redução do estresse
Massagem relaxa os músculos, aumenta a circulação e reduz os hormônios do estresse, trazendo relaxamento e alívio do estresse. Todos os sistemas do corpo apreciar tratamento após nove meses de mudança, culminando com a entrega do maior milagre na vida.

Algumas mulheres preferem mais leve massagem mimos enquanto outros desfrutar de técnicas mais profundas para trabalhar fora os nós. Adicionando liberação miofascial e terapia craniossacral atinge mais profundamente no corpo para a cura mais completa. Qualquer um desses estilos de massagem vai trazer relaxamento e redução do stress.

Ansiedade e depressão respondem muito bem ao tratamento especializado. Cerca de dois terços das novas mães experimentam depressão pós-parto temporárias relacionadas a alterações hormonais, novas responsabilidades e frustrações de ajuste. Apoio emocional e outros benefícios da massagem podem ajudar durante esta transição.
Depressão pós-parto é uma doença mais grave, mais duradouro que afeta 10-15% das mães. Estudos mostram massagem para ser benéfico no tratamento da depressão pós-parto. Não hesite em consultar os profissionais de saúde para a assistência, incluindo um trabalhador do corpo pós-parto.

Alívio da Dor
Dores no corpo residuais da gravidez são normais. Adicionando amamentação e creche pode intensificar braço, ombro e dor nas costas. A massagem é uma abordagem holística eficaz que relaxa os músculos e alivia a dor sem medicação. Um terapeuta qualificado também pode resolver dormência e formigamento mesmo associado. A dor crônica ou grave pode exigir várias sessões para a resolução.

Regulação hormonal
Massagem melhora muito equilíbrio hormonal pós-parto. Os níveis de estrogênio e progesterona hormonais são muito altos durante a gravidez e após o parto diminuição. Os níveis de prolactina e de hormônio oxitocina subir para facilitar a amamentação. Estudos indicam que a massagem reduz o hormônio do estresse cortisol. Alguns óleos essenciais podem também trazer hormonal e equilíbrio humor.
Massagem também reduz bioquímicos que ocorrem naturalmente associados com a depressão (dopamina e serotonina) e problemas cardiovasculares (norepinefrina), apoiando a mãe com os desafios da maternidade.

Diminuição Inchaço
Os fluidos corporais precisa encontrar o equilíbrio após a gravidez, em que houve um aumento de cerca de 50% do volume de fluido. A massagem aumenta a circulação ea drenagem linfática para facilitar a eliminação do excesso de líquidos e resíduos. Estimulação do tecido ajuda seu corpo a mudar de água para os lugares certos.
Inchaço também é afetado pelos hormônios, que passam por grandes mudanças após o parto. Massagem ajuda a regulação hormonal, o que também diminui a inflamação (ver Hormone regulamento). Continue sua alta ingestão de líquidos para a cura e lactação, mesmo que você ainda pode ter inchaço.

Melhor sono
A maioria das novas mães se sentir exausto depois do trabalho e entrega, complicado com cuidados com o bebê em torno do relógio. Massagem vai aliviar a fadiga , promover o relaxamento e ajudar com o sono. Estudos têm demonstrado um aumento em ondas cerebrais delta (aqueles que acompanham o sono profundo) com massagem terapêutica.
É por isso que é muito comum para adormecer durante uma massagem. Dormir o suficiente é fundamental para a recuperação pós-parto. Tudo melhora quando você se sentir descansado! Organizar alguma ajuda e receber massagens regulares para melhor descanso e sono. Um estudo correlacionou sono melhor com a perda da gordura do bebê na barriga!

Melhoria da Amamentação
A amamentação é um belo presente para o seu recém-nascido, mas também pode ser um desafio para algumas mães. Massagem terapêutica relaxa o corpo, aumenta a circulação e aumenta a produção de leite. Estudos mostram que a massagem aumenta os níveis de prolactina, um hormônio lactação.

Relaxamento nos músculos do peito abre os ombros e melhora a lactação. Nova pesquisa indica que a massagem ajuda a aliviar a dor de mama, diminui o leite materno de sódio e melhora a amamentação recém-nascida. Consulte o seu terapeuta sobre este serviço como o trabalho diretamente sobre os seios podem não ser legais em algumas áreas.

Puericultura

Parceria Instituto Maternar & Papo de Gaia

67 99100 9888


Puericultura (do latim puerus, criança) é a ciência médica que se dedica ao estudo dos cuidados com o ser humano em desenvolvimento,mais especificamente com o acompanhamento do crescimento da criança e do adolescente.

O termo puericultura, foi criado no ano de 1762 pelo suíço Jacques Ballexserd e refere-se à ciência médica responsável pelo estudo dos cuidados com o desenvolvimento infantil.

Tanto o médico quanto o enfermeiro atuam na puericultura.

 
O acompanhamento do crescimento e desenvolvimento, do nascimento até os 5 anos de idade, é de fundamental importância para a promoção à saúde da criança e prevenção de agravos, identificando situações de risco e buscando atuar de forma precoce nas intercorrências.
 
ACOMPANHAMENTO PUERICULTURA é realizado pela Enfermeira Neonatologista do Instituto Maternar:
Alice Inácio de Paula 

• Até o 5º dia visita domiciliar à mãe e bebê (atualizar ficha
A/SIAB; verificar estado geral da criança: sucção, icterícia, sinais de perigo? desidratado, secreções, temperatura, freq. respiratória,
convulsões, etc).

• Consulta de acompanhamento do bebê deve acontecer até o 10º dia após o parto na UAP: avaliar a carteira da criança – testes de triagem realizados? Normais? Aplicadas vacinas? Orientar a procura da UAP para continuar a IMUNIZAÇÃO.

• Devem acontecer 8 consultas no 1º ano de vida:mensal até o 6º mês;trimestral do 6º ao 12º mês

• No 2º ano: semestral

• A partir do 3º ano de vida: 1 consulta por ano.

• Até cinco anos é preconizada uma visita mensal do ACS.
 

Agende sua consulta de Puericultura

Alice Inácio de Paula

Enfermeira Obstetra
Neonatologista 
Coren/MS: 207.180
Cofen/MS: 16.137
facebook.com/equipematernar 

Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com